Postaes: A Correspondência afetiva na Coleção Liêdo Maranhão

14:22

"Ao inocente Ruizinho. Salve! 26-1-930 Salve!mil vezes!..
Ruisinho meus parabéns! Confesso-te jubilosa em vêr resurgir mais uma primavera em tua existencia aqual não presizas dos meus votos, estou bem certa que outros aureolados de carinhosos beijos já recebestes que foram de teus paes e mesmo assim ainda atrevo-me a beijar-te a pequenina bocca ainda em botão e _______ da-te toda felicidade possivel. ________ Noemi C. S. "

Postaes: A Correspondência afetiva na Coleção Liêdo Maranhão foi uma exposição que ocorreu em 2011 nos Correios da coleção pessoal de Liêdo Maranhão, construída a partir da correspondência familiar e de garimpagem em sebos, mercados públicos, acervos privados e antiquários de Recife e da Europa.
Essas são réplicas dos cartões postais da Coleção que eu ganhei do filho dele. Esses Cartões datam de 1901 à 1950, eram feitos na França, Japão, Alemanha e Itália, pintados à mão e trazidos pelo vapor Mala Real Inglesa ao Porto do Recife. 
Eram vendidos em livrarias e no Mercados de São José (em caixas de sapato ou pendurados). Acredita-se que a maioria dos Cartões, principalmente os de conteúdo amoroso, foram escritos com "Tintas Simpáticas ou "Tintas de Damas", que para serem visíveis era necessário um processo de aquecimento ou de substâncias químicas. 
Eu não consigo parar de ler esse Cartão Postal da Noemi tentando decifrar as duas palavras que eu não consigo entender, querendo saber se Ruizinho é uma criança ou se já era mais velho e o que ela era dele, uma tia talvez?. 

You Might Also Like

1 comentários

PARA PENSAR

PARA PENSAR

CURTA A PÁGINA DO BLOG