Natal da Olive, Encantado Parte I

21:48

Eu e minha amiga, Ana Rosa, estávamos conversando enquanto íamos almoçar correndo antes da aula sobre as cartinhas de natal dos correios e eu acabei comentando sobre as crianças que pediam material escolar ao invés de brinquedo, um assunto puxou o outro e quando percebemos já estávamos planejando uma campanha de natal para arrecadar livros e brinquedos para a Biblioteca do Nascedouro.  Ficamos sabendo da existência dessa biblioteca através de um professor que é apaixonado por Mediação de Leitura (ler para o outro com o intuito de despertar nele o interesse pela leitura, para formar novos leitores letrados.) e louco por Bibliotecas Comunitárias. 
A Biblioteca do Nascedouro foi construída onde antes ficava o Matadouro de Peixinhos ( Peixinhos é um bairro e não um Matadouro onde matavam peixinhos, você pode saber mais sobre a história dele clicando aqui) com a missão de contribuir para a formação de novos leitores e do acesso gratuito ao patrimônio literário com o fim do desenvolvimento do bairro através do desenvolvimento das pessoas. Eles realizam diversas atividades como: Auxilio à pesquisa e empréstimos de livros; Atividades nas escolas onde mediações de leitura são praticadas em parceria com escolas públicas do bairro; Quintas D'leitura, realizadas uma vez na semana e outros. 
Como a biblioteca não recebe brinquedos não educativos, tivemos que sair a procura de outros locais para doar além dela. Encontramos a Casa do Cordeiro que é um lar temporário para crianças (onde a maioria dos brinquedos foi doado), também fomos informadas de que o Ponto de Leitura do Hospital das Clinicas precisava urgentemente de livros e por fim, os brinquedos que não serviam nem para a biblioteca e nem para o lar irão ser doados para a brinquedoteca do IMIP. 
Outras pessoas se interessaram pela nossa campanha e se juntaram a ela com a maior vontade de ajudar do mundo e algumas, como Paula, se comprometeram tanto a ajudar que acabaram fazendo parte da campanha. Foram 188 livros, 135 brinquedos e ainda doces e pipocas.
Agradecimentos:
Gostaríamos de agradecer a Rafael Valle Barradas por colocar um ponto de arrecadação onde ele trabalha e ainda se disponibilizar a dar uma oficina de desenho para as crianças; ao Diretório Acadêmico de Biblioteconomia que nos emprestaram a sala para fazermos as caixas e guarda-las, principalmente ao Presidente do D.A. que sempre se disponibilizou  a atender todos os nossos pedidos de ofícios pedindo autorizações e até mesmo doando para a campanha; a nossa chefe, que não apenas doou para a campanha, como também nos deixou guardar as doações nos nossos armários; a minha professora de ballet que permitiu ser colocado um ponto de arrecadação na escola e a todo mundo que contribuiu, foi a caixa que mais recebeu doações e alguns brinquedos vieram até embrulhados para presente com muito amor; as bibliotecas dos centros acadêmicos e a central que permitiram a colocação do ponto de arrecadação e especialmente par a do CFCH que se preocupou com a segurança das doações e tomaram o cuidado de guardar em baixo do balcão, e a todo mundo que contribuiu com a campanha. 
Ana Rosa, Olive, Paula
Algumas doações

Fotos da entrega serão postadas na parte II.

You Might Also Like

1 comentários

  1. Adorei a imagem do começo, mas vou focar no texto: eu gostei muito do seu projeto e adoraria ajudar bibliotecas de alguma forma. Fico curiosa também pelo projeto de mediação de leitura feito pelo seu professor... gostaria de saber mais.
    Parabéns por se envolver tanto!
    Nereida
    Agua-Marinha.net

    ResponderExcluir

PARA PENSAR

PARA PENSAR

CURTA A PÁGINA DO BLOG