Mermaid June wrap up

15:56

Eu quase esqueci de falar como foi o desafio de ler livros sobre sereias em junho. Então como eu mostrei no post passado a lista de livros que eu queria ler: Fins are Forever e Just for Fins da Tera Lynn Childs; Fathomless da Jackson Pearce e Monstrous Beauty da Elizabeth Fama. O primeiro livro que eu peguei foi Fins Are Forever, eu até que consegui ler bastante dele, um pouco mais da metade na verdade, mas lembra que eu falei no outro post sobre o meu medo de ter crescido demais para ele? Acabou que eu estava certa. 
Não que eu esteja dizendo que existem livros para cada idade e que você não pode ler livros "para crianças" ou "para adolescentes" depois que você chega numa certa idade, mas é que existem livros que simplesmente não vão mais te cativar depois de um tempo e foi o caso de FAF. Todo o drama adolescente, a trama, os personagens, os elementos característicos desse tipo de história, etc me encheram o saco.
Quando eu finalmente abandonei FAF (e por consequência Just for fins) e comecei a ler Monstrous Beauty (uma releitura de A Pequena Sereia) foi a felicidade (mais ou menos) desse desafio.





















Esse livro acontece em duas épocas diferentes com quase 140 anos de distância uma da outra e não é como se você tivesse tudo numa ordem cronológica perfeita entregue a você, NÃO! O que você tem é um capítulo no passado e um no futuro, esse livro é tão bom que mesmo você sabendo o que vai acontecer, porque você já esteve no futuro, você ainda fica com o coração partido e chorando horrores quando finalmente vê acontecer no passado. 
No passado nos temos a história de uma sereia que se apaixona por um humano e deixa sua vida no mar para ficar com ele, história fofa, certo? ERRADO! Essas sereias são muito mais sombrias e perturbadoras, o preço para virar humana é extremamente alto (e vamos ser honestos aqui, extremamente chocante). A história de amor entre Syrenka e Ezra é tão trágica, eu passei dias sofrendo por eles, muito tempo depois de já ter terminado o livro, meus amigos não aguentavam mais eu falando sobre eles.
Além de sereias assustadoras também temos fantasmas e maldições. 
No futuro nos conhecemos Hester, uma adolescente de 17 anos que acredita estar ou amaldiçoada ou sofrendo de alguma condição genética desconhecida, a mãe dela morreu alguns dias depois de dar a luz a ela, a mesma coisa aconteceu com a avó dela e por isso ela decidiu nunca ter filhos, mas essa decisão acaba levando ela a descobrir alguns segredos sombrios. 
A escrita da Elizabeth é quase poética, ela constrói cenários perfeitamente, quer ela queira que você imagine uma praia linda ou um mundo no fundo do oceano aterrorizante ela consegue. Nenhum personagem é esquecido (ou quase, tem um que eu achei que foi incrivelmente negligenciado e acabou ficando um personagem meio superficial mesmo no começo do livro ele ter parecido alguém importante na vida da Hester e para a trama) e são muito bem trabalhados. 
A única coisa que não gostei muito sobre esse livro foi o fato de ter acabado tão rápido, eu pisquei e tinha terminado, fui deixada com uma depressão pós livro absurda e uma vontade louca de ver o oceano.  Mesmo morando na Costa ainda não fui ver o mar porque não tive tempo para ir à praia, mas tenho planos para ir logo. 
Junho acabou e não li Fathomless porque achei a leitura chatinha e abandonei na 5ª ou 6ª pagina para ler outro livro. Pronto, esse foi o meu Mermaid June. 
Eu tentei ver se Monstrous Beauty foi publicado no Brasil, mas só li notícias dizendo que a Novo Conceito comprou os direitos em 2011 e mais nada, nem mesmo no site da NC. 

Se esse livro virasse filme essa seria a música para o Grand Finale trágico da história de Syrenka e Ezra.  Eu consigo imaginar perfeitamente esse música tocando enquanto todos os eventos ocorrem, tragicamente, em slow motion que é para a pessoa sofrer mais. 

You Might Also Like

3 comentários

  1. Nossa, Olive! Você me deixou com MUITA vontade de ler esse livro! Deve ser ótimo. *O*

    ResponderExcluir
  2. Ok. Eu imaginei um filme com esse livro, acho que seria sensacional! Afinal, esse assunto místico requer detalhes e efeitos que ficariam incríveis em um filme. Adorei!

    Bitocas!
    www.likeparadise.com.br

    ResponderExcluir
  3. Mas que desafio específico asdhuishdau xD Sei lá, eu li várias lendas sobre sereias, sei a mitologia e tudo, mas fico bem chateada de elas não serem que nem a Ariel heiuheiuehui

    Beijos, Vickawaii
    http://finding-neverland.zip.net

    ResponderExcluir

PARA PENSAR

PARA PENSAR

CURTA A PÁGINA DO BLOG